COOPAVAM

Conheça mais:

O que é o negócio

Fundada por agricultores familiares, a COOPAVAM faz o extrativismo, o beneficiamento e a comercialização da castanha do Brasil, gerando renda e desenvolvimento sustentável.

Cidade

Juruena - MT

Ano de fundação

2008

Tipo de organização

Cooperativa

Play Video

Ano de investimento da SITAWI

2021

Valor captado

R$846.000

Número de investidores

70

Desafios, soluções e impacto

Fundada em 2008, a Cooperativa dos Agricultores do Vale do Amanhecer (COOPAVAM) nasceu do interesse dos assentados em gerar renda conservando a floresta amazônica e contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico local. 

Atua no beneficiamento da castanha do Brasil proveniente de extração sustentável em parceria com comunidades indígenas e agricultores familiares. Mantém uma relação de comércio justo que fortalece a cadeia produtiva da castanha e se orienta pelos princípios da economia solidária.  Constitui a principal fonte de renda e emprego da região.

A COOPAVAM é referência no comércio de produtos florestais não-madeireiros oriundos da biodiversidade Amazônica.

Situada no noroeste do Mato Grosso, é a única cooperativa do tipo numa área de mais de 100 mil km².

Alcance do impacto

A cooperativa conta com cerca de 68 cooperados e impacta mais de 400 extrativistas de comunidades indígenas.

Profundidade do impacto

Com capacitação para o manejo sustentável da castanha e pagando dobro da média do mercado, contribuem para a conservação de 1,5 milhões de hectares de terras indígenas e 7 mil hectares de Reserva Legal.

Vertical de impacto

Cadeias Produtivas da Sociobiodiversidade

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)